24jan 14

#VestindoSaúde: Squash, um esporte completo e saudável

 

Faz umas duas semana que eu e o Gui participamos de uma aula de squash com quem mais entende do assunto, o Marino Oliveira.

O squash é um dos esportes que tem ganhado mais adeptos no Brasil. O motivo? Combina diversão, alívio do stress, condicionamento físico e estratégia. Em uma hora de jogo, é possível perder cerca de 1 mil calorias. Assim, é fácil manter a forma, ganhar força muscular e aliviar as tensões.

Com tantos benefícios, o squash foi considerado o melhor esporte para a saúde pela Revista Forbes, que também o elegeu como o preferido dos executivos de Wall Street, ganhando de práticas esportivas muito populares, como corrida, natação e ciclismo.

“O squash diverte, relaxa e ainda manter a forma”, explica Marino Oliveira, que comanda a rede Marino Squash, em São Paulo. Pentacampeão Brasileiro e Campeão Sul-Americano Master, Marino pratica o esporte há mais de 35 anos e já formou mais de seis mil alunos.

Um dos segredos do squash está no seu dinamismo. Os praticantes se movimentam pela quadra com muita rapidez, o que gera um intenso trabalho cardiovascular. A bola, que tem metade do tamanho de uma bola de tênis, atinge uma grande velocidade, exigindo precisão total na batida.

Ao mesmo tempo, é preciso estar muito atento, usando o raciocínio lógico para não perder o rumo da bola, compreender a estratégia do adversário e surpreender com jogadas que devem ser friamente calculadas em poucos instantes, o que faz com que as partidas sejam dinâmicas e muito emocionantes.

Emagrecer jogando Squash também é muito fácil. Além das muitas calorias perdidas, o esporte promove um forte trabalho muscular. Para manter o domínio do jogo, é preciso usar as pernas. Com tantos agachamentos, os músculos das coxas e glúteos ficam tonificados.

Enquanto os membros inferiores garantem a sustentação do atleta, os membros superiores trazem a precisão das jogadas. Os músculos dos braços, ombros e costas trabalham como alavancas para garantir a batida perfeita.

Dessa forma, o squash se destaca como um dos esportes mais completos, que se encaixa na rotina atribulada das grandes cidades, já que um treino de 30 minutos, durante três dias da semana, já é suficiente para trazer todos os seus benefícios.

Pós aula

Não preciso dizer que um pouco mais de uma hora dessa “brincadeira”, apesar do cansaço, não achei que fosse trabalhar tanto o corpo. No outro dia minhas pernas doíam como se eu tivesse feito exercícios de perna para todos os músculos na academia, os ombros mais doloridos, principalmente o que segurei a raquete e admito que dormi bem mais do que devia para recuperar os gastos.

É engraçado que durante a aula eu cansava, mas queria jogar mais sempre por ser divertido. É um esporte que indico para todo mundo que quer queimar umas calorias, acredito que uma frequência de uma a duas aulas por semana já deve ajudar muito numa dieta.

#INDICO

Por .

Comente pelo Facebook

Comentar