08abr 13

Saindo de casa

Faz dois anos que surgiu o primeiro pensamento sobre morar sozinha, na época minha motivação eram as brigas frequentes com a minha mãe, coisa adolescente. O tempo passou, terminei a faculdade, terminei um relacionamento, fui efetivada no trabalho e aquela sensação de que ainda faltava dar mais algum passo continuava a me incomodar.

Tenho 22 anos, meu pai saiu de casa com 15 e minha mãe com 19 anos e com muito menos condições do que tenho hoje, mas chega uma hora na vida que é curso natural a seguir, crescer, aprender a se virar e amadurecer com a experiência. Comecei então a pesquisar em um grupo no Facebook chamado “Repúblicas de São Paulo” e no “Easyquarto“, preços e lugares. Na hora de pesquisar é preciso ter claro na mente em que região você quer morar e depois procurar pessoas idôneas para dividir a casa ou apartamento.

Se você puder fazer isso com uma amiga(o), fica mais fácil. Mas antes de fazer as malas e sair da aba dos pais lembre-se que será você por si, você vai ter que se preocupar em comprar as coisas mais banais como: papel higiênico, shampoo, produtos de limpeza, arroz, etc. Você está pronta(o) para arcar com esses gastos e sacrificar muitas vezes seu lazer para poder pagar as contas? Pra ficar doente e não ter a mamãe pra cuidar de você? Se a resposta foi não, então sinto informar que não preparada(o) para morar sozinha(o).

Na hora de tomar essa decisão, certifique-se que está tomando pelos motivos certos. Me mudo em breve aí eu conto um pouco mais pra você sobre como estará sendo esse grande passo.

A música é só porque ela não sai da minha cabeça, hahaha clichê me julguem!

Por .

Comente pelo Facebook

3 Comentários

  1. Jomara Lopes

    8/4/2013 às 13h41

    Oi, tudo bem. Interessante o que você escreveu, essas questões básicas sobre ir morar sozinha. Bom, eu saí de casa e não pensei em nada disso. Fui aprendendo na experiência mesmo, moro por minha conta mesmo há uns 6 anos, foi bem difícil porque eu fui morar do outro lado do país, a cultura era outra, a adaptação e tudo mais é o que vai determinar o sucesso da sua vida. Minha sugestão para quem vai morar fora de casa, é saber ECONOMIZAR, é sério, dinheiro conta muito quando acontecem imprevistos, não esbanjar comprando bobagens, no princípio só o estritamente necessário, e fazer o bom e velho pé de meia, para que você tenha uma certa “segurança” financeira. Cuidar bem da saúde também é mega importante, ficar doente é caro, atrapalha seu desenvolvimento no trabalho e não é nada fácil ficar bancando a própria enfermeira. Era isso, boa sorte pra você. 😀

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/4/2013 às 15h18

      Ótima dica Jomara! Aliás, essa é uma dica pra vida 😉

      Beijinhos.

      Responder
  2. Ana Carolina

    8/4/2013 às 16h30

    Pois é, muita gente acha que sair de casa é só pegar as roupas e sair. Por isso muitos dos que saem acabam voltando, haha.

    Beijos,
    Ana.

    Responder

Comentar