29abr 16

Projeto fotográfico An other Fragment

another fragment

Faz mais ou menos um mês que eu fotografei com o Gabriel Dias, que criou o projeto An other Fragment no instagram. Primeiro, quem não conhece: segue lá @anotherfragment.

Eu acompanhava o projeto e já era apaixonada pelos detalhes sutis. Ele pega a delicadeza das pessoas com fotos de detalhes do corpo.

Ele sempre posta mini ensaios seguidos de 3 fotos apenas, assim ele mantém uma identidade bem legal no instagram (igual a primeira imagem).

Gabriel Dias, tem 29 anos e mora em São Paulo. Tive um bate papo com ele pra conhecer um pouco mais dele e do projeto!

• Você é formado em direito e trabalha atualmente com isso… então, desde quando você fotografa?

Gabriel Dias: Na verdade eu primeiro me formei em fotografia e depois vim pro direito. Trabalhei por algum tempo na Revista Serafina na Editoria de Fotografia; era um trabalho maravilhoso.

Apesar disso os caminhos que surgiram na minha frente acabaram por me guinar pro direito. Hoje trabalho de segunda a sexta de terno e gravata e durante os finais de semana fotografo.

Mas… respondendo à tua pergunta: fotografo desde os meus 7 anos por influência paterna; uma Fuji à prova d`água que eu me divertia.

• Quando você começou a fotografar a ideia era ser um hobby ou uma profissão?

Gabriel Dias: Quando comecei a fotografar eu nem tinha ideia do que era uma profissão, rs.

Em 2006 decidi levar como profissão e hoje é um hobby que considero adorável.

• De onde veio a ideia para começar o projeto @anotherfragment?

Gabriel Dias: Tudo que a gente faz tem influência das nossas histórias, do nosso passado, certo?

O projeto surgiu exatamente disso, sempre fotografei amigos, tinha feito alguns ensaios mais voltado para o nu artístico algumas vezes.

Dessas experiências o An other fragment praticamente brotou; um dia em março de 2015 estava no trabalho e lembro de ligar para a Bárbara, minha companheira, e explicar que queria elaborar um projeto de fotografias com foco em expressões corporais.

Quem acompanha desde o começo consegue perceber lentamente a criação da linguagem que hoje as fotografias têm.

Aproveitei o espaço do Instagram com a galeria de três em três para desenvolver a linguagem de trípticos; sempre publico três fotografias em sequência que dialoguem entre si.

• Teve alguma inspiração em especial?

Gabriel Dias: Na verdade não exatamente; a gente respira referência o dia inteiro. Seja no Tumblr, Pinterest ou no próprio Instagram.

É difícil dizer: olha, essa pessoa mudou minha vida fotograficamente falando.

• Você pensa em criar outros projetos?

Gabriel Dias: Boa pergunta, tenho um projeto em paralelo chamado Fragmentos Irrecuperáveis. Surgiu de uma experiência horrível e narro essa via crucis no site (www.fragmentosirrecuperaveis.com).

Confiram alguns dos meus ensaios (não deixei quadradinho pra colocar elas inteirinhas):

another-fragment-1

antoher-fragment-3

another-fragment-4

another-fragment-5

another-fragment-2

De minha experiência sendo fotografada posso dizer que o Gabriel consegue deixar qualquer pessoa a vontade e sem ter vergonha, deixando fluir bem o ensaio. Foi muito legal e eu amei o resultado MUITO! <3

Comente pelo Facebook

Comentar