09abr 18

O PODER CURATIVO PROFUNDO DA MASSAGEM TÂNTRICA

massagem terapeutica

Eu já havia pesquisado sobre Massagem Tântrica há alguns anos atrás, já havia visto vídeos tutoriais na internet e sempre relacionava isso a experiência sexual diretamente. A primeira vez que ouvi que a massagem poderia ajudar com traumas foi quando uma amiga e taróloga me marcou no Instagram da Aleka Terapeuta.

O Tantra é uma antiga tradição espiritual oriental de princípios, rituais e técnicas para cultivar uma vida consciente – dentro e fora do quarto, embora o quarto seja o que sempre nós tendemos a focar; o Tantra tem suas raízes em várias tradições espirituais importantes, incluindo o hinduísmo, budismo e taoismo, além de ser o berço do Yoga. Ele tem uma história conhecida e antiga que é estudada a pelo menos 7000 anos, muito mais do que qualquer uma das práticas religiosas / espirituais populares no mundo de hoje.

Desde que os humanos se perguntaram sobre o mistério da existência e ficaram admirados com o poder primordial de sua natureza sexual, procuramos entendê-lo. Kelly Aleka encontrou na Massagem Tântrica a solução para os abusos que sofreu ao longo de seus 30 anos.

Confira abaixo, o bate papo com a terapeuta.

Viviane Leone: O que é a massagem tântrica e quais são seus benefícios?
Aleka: Massagem Tântrica é uma ferramenta do Tantra, onde é trabalhado todo o corpo manualmente, inclusive os órgãos genitais para cura e tratamento de diversos males físicos, mentais e espirituais relacionados a sexualidade, trabalha desde traumas e bloqueios até problemas como vaginismo e impotência. Trabalha a energia sexual como um todo.

Viviane Leone: Tem diferença entre os resultados para homens e mulheres?
Aleka: No geral os benefícios são os mesmos, como a auto estima por exemplo, tanto o homem como a mulher aprendem a se amar mais, mudar sua frequência vibratória atraindo pessoas e situações melhores para a vida, já outras questões trabalhadas podem ser mais específicas como uma ejaculação precoce em um homem e a falta de orgasmo em uma mulher, tudo depende de cada caso.

VL: Quais são os problemas mais comuns das mulheres que procuram a terapia?
Aleka: No geral as mulheres me procuram bastante com baixo auto estima, falta de orgasmo, vaginismo, traumas e bloqueios causados por abusos sexuais e dificuldades em se relacionar amorosamente.

VL: É preciso alguma formação específica para ser terapeuta tântrica?
Aleka: Sim, é preciso fazer uma formação profissionalizante em Terapia Tântrica que pode levar de 1 a 3 anos.

VL: Como foi sua primeira experiência com a massagem tântrica?
Aleka: Ao contrário de muitas pessoas que ao passar pela experiência relatam muito prazer e alegria para mim por conta dos abusos foi extremamente incômoda, já que o toque era repulsivo, mas ao passar dos dias pude sentir a melhora e cura que estava acontecendo e assim voltei para outras sessões nas quais foram melhorando e surgindo cada vez mais efeitos positivos.

VL: Como algo tão sexual pode ajudar pessoas com dificuldades para ter intimidade?
Aleka: O ponto está exatamente nisso, não existe conotação sexual, se trabalha a energia sexual, o que é diferente de ser um ato sexual, o toque é feito de maneira terapêutica e vai libertando seu corpo, mente e espírito das amarras onde enraizam em nosso subconsciente que o sexo é sujo e profano, você entende que ele é sagrado e divino.

VL: Existe alguma separação entre o espiritual e o sexual?
Aleka: O sexo é espiritual, o sexo é sagrado, nós o profanamos por falta de conhecimento e trabalhar questões da sexualidade também é espiritual e sagrado, por isso, a massagem tântrica também é espiritual.

VL:  Você acredita que a massagem tântrica é mais efetiva do que a terapia convencional?
Aleka: Eu sempre digo às pessoas que eu atendo que tudo é importante, uma ferramenta não dispensa a outra, muitas vezes com a terapia convencional a pessoa consegue entender o seu problema mas precisa de um tratamento físico mesmo para que o seu corpo ressignifique as memórias negativas para positivas, e ter um terapeuta para trabalhar com um desabafo por exemplo também é importante, então um não dispensa o outro.

Se você já teve alguma experiência com massagem tântrica, deixa aqui nos comentários. 😉

Por .

Comente pelo Facebook

Comentar