05jun 12

Filmes para Chorar [2]

Em janeiro eu fiz a primeira parte dos filmes para chorar com uma seleção de 10 filmes. Muitas pessoas comentaram filmes que faltaram, e com certeza mesmo depois desse post vão faltar muitos outros.

Eu, particularmente, choro em quase todos os filmes que vejo, mas óbvio que sempre tem uns que se destacam por arrancarem muitas lágrimas.

Vamos lá?

O diário de uma paixão

Sinopse: Numa clínica geriátrica, Duke, um dos internos que relativamente está bem, lê para uma interna (com um quadro mais grave) a história de Allie Hamilton e Noah Calhoun, dois jovens enamorados que em 1940 se conheceram num parque de diversões. Eles foram separados pelos pais dela, que nunca aprovaram o namoro, pois Noah era um trabalhador braçal e oriundo de uma família sem recursos financeiros. Para evitar qualquer aproximação, os pais de Alie a mandam para longe.  Noah começa a escrever para Allie por um ano para tentar viver esse romance.

Marley e Eu

Sinopse: John e Jennifer Grogan casaram-se recentemente e decidiram começar nova vida em West Palm Beach, na Flórida. Lá eles trabalham em jornais concorrentes, compram um imóvel e enfrentam os desafios de uma vida em conjunto. Indeciso sobre sua capacidade em ser pai, John busca o conselho de seu colega Sebastian, que sugere que compre um cachorro para a esposa. John aceita a sugestão e adota Marley, um labrador de 5 kg que logo se transforma em um grande cachorro de 45 kg, o que torna a casa deles um caos.

Sempre ao seu lado

Sinopse: Quando Hachiko, um filhote de cachorro da raça akita, é encontrado perdido em uma estação de trem por Parker, ambos se identificam rapidamente. O filhote acaba conquistando todos na casa de Parker, mas é com ele que acaba criando um profundo laço de lealdade. Baseado em uma história real, Sempre ao seu Lado, é um emocionante filme sobre lealdade.

Titanic

Sinopse: Jack Dawson é um jovem aventureiro que, na mesa de jogo, ganha uma passagem para a primeira viagem do transatlântico Titanic. Trata-se de um luxuoso e imponente navio, anunciado na época como inafundável, que parte para os Estados Unidos. Nele está também Rose DeWitt Bukater, a jovem noiva de Caledon Hockley. Rose está descontente com sua vida, já que sente-se sufocada pelos costumes da elite e não ama Caledon. Entretanto, ela precisa se casar com ele para manter o bom nome da família, que está falida. Um dia, desesperada, Rose ameaça se atirar do Titanic, mas Jack consegue demovê-la da ideia. Pelo ato ele é convidado a jantar na primeira classe, onde começa a se tornar mais próximo de Rose. Logo eles se apaixonam, despertando a fúria de Caledon. A situação fica ainda mais complicada quando o Titanic se choca com um iceberg, provocando algo que ninguém imaginava ser possível: o naufrágio do navio.

Sete vidas

Sinopse: Ben Thomas é um agente do imposto de renda que possui um segredo trágico. Devido a ele Ben tem um grande sentimento de culpa, o que faz com que salve as vidas de completos desconhecidos. Porém quando conhece Emily Posa é Ben quem tem a chance de ser salvo.

Cidade dos Anjos

Sinopse: Em Los Angeles, uma dedicada cirurgiã fica arrasada quando perde um paciente durante uma operação, no mesmo instante em que um anjo, que estava na sala de cirurgia, começa a se sentir atraído por ela. Em pouco tempo ele fica apaixonado pela médica e resolve ficar visível para ela, a fim de poder encontrá-la frequentemente, o que acaba provocando entre os dois uma atração cada vez maior, apesar dela ter um sério relacionamento com um colega de profissão. O ser celestial não pode sentir calor, nem o vento no rosto, o gosto de uma fruta ou o toque da sua amada, assim ele cogita em deixar de ser um imortal para poder amar e ser amado intensamente.

Doce Novembro

Sinopse: Nelson Mossé um atarefado executivo que só pensa em seu trabalho e parece ter se esquecido o que é ser amado por alguém. Até que conhece Sara Deever, que lhe traz novamente um sentimento de romantismo à sua vida. Ela termina convencendo-o a passarem um mês juntos e depois se separarem, pois considera este um tempo suficiente para que possam resolver seus problemas emocionais. Porém, com o passar dos dias Nelson se apaixona cada vez mais por Sara e busca descobrir qual é o motivo pelo medo de compromisso que ela possui.

A vida é bela

Sinopse: Na Itália dos anos 40, Guido levado para um campo de concentração nazista e tem que usar sua imaginação para fazer seu pequeno filho acreditar que estão participando de uma grande brincadeira, com o intuito de protegê-lo do terror e da violência que os cercam.

Efeito Borboleta

Sinopse: Evan é um jovem que luta para esquecer fatos de sua infância. Para tanto ele decide realizar uma regressão onde volta também fisicamente ao seu corpo de criança, tendo condições de alterar seu próprio passado. Porém ao tentar consertar seus antigos problemas ele termina por criar novos, já que toda mudança que realiza gera consequências em seu futuro.

Reine Sobre Mim

SinopseDois antigos colegas de alojamento escolar Charlie Fineman e Alan Johnson se encontram muitos anos depois e retomam sua amizade. Charlie, que recentemente perdeu sua esposa e filhos, está fugindo de sua própria vida, enquanto Alan está sobrecarregado por sua família e por responsabilidades profissionais. O reencontro oportuno se transforma numa corda salva-vidas para Charlie e Alan, ambos desesperadamente necessitando de um amigo de confiança nesse momento crucial de suas vidas.

Já viu esses?

Qual filme você indica para os próximos 10 filmes para chorar?

Não esqueça de ver a primeira lista com mais 10 filmes para chorar!

Comente pelo Facebook

42 Comentários

  1. Patrícia Maas

    5/6/2012 às 10h29

    Adorei…n vi todos mas os q eu vi da sua lista chorrei muito tbm
    Beijos

    Responder
  2. Luna

    8/6/2012 às 00h59

    Assisti todos, mas nenhum me fez chorar. Já Shame, Toda Forma de Amor, e Histórias de Amor Duram Apenas 90 Minutos.. pqp!

    Responder
  3. Albert

    8/6/2012 às 02h24

    Concordo com Igor Smith!! A espera de um milagre e a A corrente do bem poderiam entrar na lista! Dá um nó na garganta.

    Responder
  4. zzz

    8/6/2012 às 03h37

    Inteligencia Artificial.

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 12h49

      Esse com certeza entra para o próximo!

      Responder
  5. Diego

    8/6/2012 às 03h57

    Nunca chorei com nenhum filme que está na lisata, na veredade o único filme que choro, coisa rara, não está na lista!!!

    Responder
  6. Helton

    8/6/2012 às 08h36

    Todos são ótimos filmes, mas na minha lista eu não deixaria de fora ‘Lendas da Paixão’.

    Responder
  7. luciano medeiros

    8/6/2012 às 09h48

    Boa sua lista, tenho alguns, Uma janela para o Céu, O campeão esses dois são bem antigos mas dúvido que não façam chorar. Tem um do Will Smith que fez com o filho dele onde a mão abandona a casa e eles não tem dinheiro mas não lembro o nome, é muito bom tb.

    Responder
  8. Deise

    8/6/2012 às 09h51

    Faltou um amor para recordar!!!

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 12h54

      Esse entrou na primeira lista!

      Responder
  9. Mobiliario Corporativo

    8/6/2012 às 11h23

    Vou assistir algum desses hj

    Responder
  10. Matos

    8/6/2012 às 11h24

    Eu iria incluir ” Em busca da Felicidade” , mas o Wilken já o citou. A cena final do filme ” O Resgate do Soldado Ryan”, é algo que marcou muito a minha vida e estou sempre me peguntando…….” Eu estou fazendo por merecer ?”

    Responder
  11. guicury

    8/6/2012 às 13h23

    Eu chorei com 3 filmes dessa lista! =““`[

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 13h28

      Nunca vi você chorar com filme! rs

      Responder
  12. Kamilla

    8/6/2012 às 14h41

    Faltou Pearl Harbor!!

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 14h42

      Anotado!

      Responder
  13. vinícius

    8/6/2012 às 17h02

    Das duas listas chorei apenas com Marley & Eu. Quando Owen Wilson começa as conversas com Marley no final eu desabei!
    Acho que dois que estão faltando: “Meu Primeiro Amor, de Howard Zieff” e “A Paixão de Cristo, de Mel Gibson”.

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 21h06

      Vou anotar aqui! Obrigada!

      Responder
  14. vinícius

    8/6/2012 às 17h06

    Tem um outro recente de Steven Spielberg: “Cavalo de Guerra”.
    É bem clichê e ao estilo emotivo dele. P/ fazer chorar mesmo.
    Eu não chorei. Mas acho que os mais sentimentalistas irão chorar.

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 21h06

      Não vi esse ainda! Vou anotar aqui, Quem sabe entra no próximo filmes para chorar!

      Responder
  15. Amanda

    8/6/2012 às 18h02

    Dica: O pianista

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 21h07

      Já citaram esse pra mim, vou ver se coloco no proximo post! Beijos

      Responder
  16. fernando

    8/6/2012 às 19h00

    o único filme que eu chorei vendo foi O Menino Maluquinho(sério mesmo)

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 21h08

      Jura? rs. Nunca vi ninguém chorar nesse. haha

      Responder
      • fernando

        8/6/2012 às 22h15

        quando o avô dele morre… marcou minha infância, kkk

        Responder
  17. Mateus

    8/6/2012 às 21h35

    Ponte para terabítia ! chorei horrores !

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 21h46

      Anotado!! Obrigada!

      Responder
  18. house

    8/6/2012 às 21h48

    faltou “conta comigo”, o final é épico!

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 23h05

      Não conheço esse! Vou anotar!

      Responder
  19. Rafa

    8/6/2012 às 22h40

    Cavalo de Guerra!!!

    Responder
    • Andressa Roeder

      8/6/2012 às 23h05

      Anotadinho!

      Responder
  20. vinícius

    9/6/2012 às 03h37

    faltou “conta comigo”, o final é épico! [2]
    Concordo, mas acho que não é tão emotivo. Está na lista da TCM dos 50 filmes p/ se ver antes de morrer. Um dos maiores clássicos mundiais.
    Esqueci de citar mais um p/ chorar de meu ator favorito, Johnny Depp: “Em Busca da Terra do Nunca”.
    E outro que além de tudo serve de lição p/ qualquer médico: “Patch Adams – O Amor é Contagioso”

    Responder
    • Andressa Roeder

      11/6/2012 às 18h02

      Patch Adams é perfeito! Bem lembrado. Não vi esse do Johnny Depp, vou ver e anotar para as próximas listas!

      Responder
  21. cristiane

    14/9/2012 às 00h41

    Faltou “Em busca da terra do nunca” Brilhante e triste.

    Responder
  22. tatiele

    9/5/2013 às 12h27

    a clínica,as aventuras de pi,antes que termine o dia,uma prova de amor,em busca da felicidade e efeito borboleta,são filmes muito emocionantes…

    Responder

Comentar